2ª Sessão Especial - Secretário de Assistência Social

Tezza presta esclarecimentos sobre a Secretaria de Assistência Social

Mais uma vez os Vereadores e a comunidade tiveram a oportunidade de saber mais sobre o trabalho e os projetos desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social. O pedido de Sessão Especial foi feito pelas Bancadas do PP, DEM e o Vereador do PSB, tendo recebido o voto favorável de todos os colegas Legisladores. Assim, na noite de segunda-feira (24 de abril), a 2ª Sessão Especial neste ano contou com a presença do Secretário Municipal de Assistência Social, Nivaldo Tezza e da Assistente Social, Poliane Lúcia Franciosi.

O Secretário Nivaldo apresentou a estrutura, as ações, os serviços, programas e projetos desenvolvidos pela pasta, bem como os profissionais e beneficiados dos programas da Secretaria Municipal de Assistência Social. Conforme Tezza, no ano de 2016 foram realizados mais de seis mil atendimentos pela Secretaria. Depois da explanação, os Vereadores puderam fazer questionamentos e sugestões ao Secretário.

Sobre os auxílios-funeral, passagens, alimentação, o Vereador Fedrigo pediu em que condições as pessoas podem solicitar essa ajuda. Tezza informou que é feito um cadastro, após uma entrevista com uma profissional da secretaria e é avaliado renda e demais quesitos para realização desta ajuda eventual.

Quando questionados sobre o problema da drogadição pelo Vereador Sérgio Massolini, Poliane ressaltou o trabalho em conjunto das secretarias de Assistência, Saúde e educação no tratamento das famílias no enfrentamento do problema. O Vereador ainda solicitou sobre os R$ 48.000,00 liberados para a construção do Centro de comercialização de produtos artesanais, e Tezza informou que os artesãos terão prioridade e a secretaria auxiliará as entidades e os clubes de mães a se organizar. Ainda o Parlamentar pediu se existe um local para destinação de doações de móveis e roupas para pessoas carentes. Sobre esse tema, Nivaldo informou que não possui pessoal para esse trabalho e que atualmente os “caritas” da Paróquia Nossa senhora do Rosário o fazem. Massolini, como um dos idealizadores do Festipizza, solicitou ao secretário se o Projeto “Chef Mirim” estava em funcionamento, sendo informado que estava sim nos moldes que vinha sendo feito em parceria com a BRF e que Serafina Corrêa era um dos 5 municípios do País que realizam um projeto similar a este. Tezza ainda foi questionado pelo mesmo Vereador se a servidora Mara Padilha, nomeada com Diretora da Divisão Inclusão Produtiva, exercia a função de advogada na secretaria. O secretário informou que ela presta serviço voluntário, de orientação quanto a pensão alimentícia, separação, pedido de guarda de filho, encaminhamentos a promotoria pública, mas frisou que ela está prestando um serviço como funcionária pública e não advogada.

O Vereador Dirlei questionou sobre as prioridades da secretaria, Tezza informou que será a terceira idade, as crianças e adolescentes.

O Vereador Marinho solicitou ao secretário, qual o principal problema social enfrentado pela Secretaria, e teve como resposta que são problemas das mais variadas naturezas como desemprego, maus tratos a crianças e adolescentes, e todos tipos de denúncias, principalmente de maus tratos a idosos.

Questionado pelo Vereador Zé Betinardi sobre a ausência dos programas e oficinas que vinham sendo realizadas pela secretaria na gestão anterior, como grupos de violão, ginástica, oficina de música entre outros, o Secretário informou do andamento de três licitações que farão a contratação de professores para que os trabalhos sejam retomados. Zé Betinardi aproveitou para pedir para o Secretário sobre a importância da criação da secretaria e se ela poderia ter continuado a ser apenas um departamento vinculado a Secretaria da Saúde. Tezza foi enfático em dizer que a estrutura que foi recebida da antiga gestão está preparada para atender as demandas da comunidade e que os números comprovam a importância da pasta.

Sobre o Centro de Convivência na Capela Sant’Ana, a Vereadora Lucimar indagou a servidora Poliane se havia um planejamento para o uso daquele espaço, tendo a Assistente Social respondido que acreditava que sim, mas que ela não poderia detalhar por trabalhar diretamente com o CRAS e não na área de gestão da secretaria.

Ainda sobre esse mesmo local, a Vereadora Olderes questionou sobre o Centro de Lazer e de Convivência de Pessoas idosas Maria Elisa Calgaro Presotto localizado na Capela Sant’Ana, o que seria feito daquele local e se existia um cronograma de atividades. Respondendo aos questionamentos, Tezza falou que o terreno encontra-se aberto, onde as pessoas podem utilizar a academia ao ar livre, e que os grupos de convivência estão organizados para iniciar os passeios pelo local. Existe s vontade da construção de uma cancha de bochas, piscina e uma horta, que poderá ser utilizada não só pelos grupos de terceira idade, mas por toda comunidade.

Conforme relato do Secretário e da Assistente Social, 180 famílias estão sendo beneficiadas diretamente pelo programa bolsa família no município. O Vereador Marssaro questionou se existe o acompanhamento destas famílias para que saiam dessa condição. Sobre este assunto Tezza informou que o cadastro é feito anualmente, e que o enfrentamento dessa situação se dá através dos projetos sociais, acompanhamento das famílias pelos profissionais da secretaria e o apoio da comunidade.

Ressaltando a importância da participação do Secretário na Sessão, o Vereador Nereu parabenizou Tezza pela presença e incentivou os demais Secretários, que quando convidados, se façam presentes na Casa do Povo.

O Secretário agradeceu o convite, convidou os Vereadores para visitar a Secretaria e se colocou a disposição para futuros esclarecimentos.

A Sessão Especial foi acompanhada por servidores municipais, autoridades, e a comunidade serafinense.

error while rendering plone.comments